Novidades

Terapia do Timo: Parte 2 – Out/15

A terapia celular com extratos de peptídeos xenogênicos consiste em se administrar por via intramuscular, endovenosa, subcutânea ou oral, extratos congelados de tecidos provenientes da ovelha, boi ou porco, com o intuito de modular o sistema imunitário e ativar os sinais biológicos da regeneração orgânica.

É um tratamento de ponta da área da medicina regenerativa e imunologia, demonstrado pela primeira vez em 1912 pelo Prémio Nobel Alexis Carrel no rejuvenescimento in vitro de culturas de células envelhecidas. Em 1931, foi aplicado em seres humanos com grande sucesso pelo Dr. Paul Niehens.

Uma das principais áreas de atuação da terapia celular com peptídeos xenogênicos é a oncologia.

Os extratos animais purificados funcionam na imunidade inata ou adquirida pelo estímulo de órgãos fundamentais como o Timo, Baço e Medula Óssea, regulando a transcrição, a apoptose, o stress oxidativo, a ativação dos linfócitos B, CD4, CD8 e Natural Killers (NK); assim como a produção de suas principais citocinas (IFN, TNF, IL4, IL10, etc).

12108142_1660904164179000_8115706184380841339_n