Novidades

Osteoporose e Deficiencia de vit. K – Jul/15

osteoporose é definida como uma desordem devido ao decréscimo da massa óssea e à deterioraçāo estrutural do tecido ósseo; está relacionada às fraturas que afetam particularmente o colo do femur, coluna vertebral e o rádio distal (punho).

Estāo bem estabelecidos o papel da menopausa (deficiencia de Estradiol/ Progesterona), do excesso de acidez da matriz extracelular (dieta acidificante), do metabolismo alterado do Cálcio, da deficiência de Vit. D e de outros nutrientes, como as proteínas precursoras de colágeno, Fósforo, Zinco, Cobre e Manganes.
Recentemente, outro micronutriente vem ganhando respeito no que diz respeito ao metabolismo ósseo. Trata-se da Vitamina K, reconhecida por seu papel na coagulaçāo sanguínea, mas que vem sendo apontada como um dos micronutrientes necessários para a prevençāo da perda da massa óssea, sobretudo em mulheres no climatério.
Trata-se de uma vitamina lipossolúvel, ou seja, dependente da ingesta de gordura na dieta e presente nos vegetais, sendo os óleos vegetais e as hortaliças sua fontes mais significantes, além das cascas de frutas.
Porém, por sua biodisponibilidade sofrer influencia de inúmeros fatores digestivos, deficiencia ou não de gordura na dieta, pelo tipo de tratamento que o alimento sofre no seu preparo, por polimorfismos genéticos que possam interferir no aproveitamento da Vit. K, muitos autores consideram já haver evidencias suficientemente consistentes para se recomendar o aumento da ingesta da Vit. K, com vistas aos benefícios a saúde óssea, incluindo preparações comercializadas da forma mais ativa, a Vitamina K2.

11755760_1630036057265811_1077128130095767594_n