Novidades

Os Malefícios do Consumo Excessivo de Glúten – Fev/15

O GLÚTEN é uma proteína presente no TRIGO, no CENTEIO, na CEVADA (cerveja), na AVEIA, na ESPELTA e no KAMUT.

O trigo foi essencial para o avanço da civilização. Mas por que, então, agora ele (diga-se GLÚTEN) virou o grande malfeitor da dieta moderna? Supostamente, por dois motivos: porque a planta mudou, não é mais a mesma, e porque estamos comendo trigo demais. O trigo primitivo não continha glúten, mas era pouco produtivo e ruim para fazer pães. Foi graças a um cruzamento natural com outra gramínea, a Aegilops tauchii, que o trigo cultivado ganhou a presença de glúten (e cada vez mais GLÚTEN!). E isso, a princípio foi uma coisa boa, tanto que uma das características mais valorizadas no trigo é a chamada “força de glúten”, que ajuda muito na produção de pães. É ele que deixa o pão fofo, alto e bonito. As modificações no trigo, e o consequente aumento na produtividade, serviram para abastecer a indústria de alimentos, que passou a utilizá-lo em inúmeros produtos. O trigo é barato, gostoso e útil. É muito usado como espessante e o glúten ajuda a estabilizar os demais ingredientes.
Entāo vamos lá:
O GLÚTEN age nos mesmos receptores cerebrais dos OPIÓIDES, o que justifica literalmente o VÍCIO a que as pessoas apresentam ao GLÚTEN (e o excesso de farináceos obviamente engorda);
O GLÚTEN leva a nāo boa fama de ser o SEGUNDO ALIMENTO MAIS DIFÍCIL EM SOFRER DIGESTĀO;
Também é o SEGUNDO ALIMENTO MAIS ALERGENICO, atrás apenas do leite; desde a década de 50, o número de pessoas com alergia a glúten quadruplicou no mundo. O INSTITUTO DE MICROECOLOGIA, responsável pelo teste de detecçāo da alergia alimentar aos mais variados alimentos, calcula através da amostra de pacientes brasileiros, de que em torno de 58% dos exames realizados deram positivos para alergia tardia ao GLÚTEN.
O GLÚTEN por dificultar em muito a digestão, forma uma camada espessa de MUCO sobre a mucosa intestinal, dificultando a absorçāo de nutrientes, a eliminaçāo de toxinas e, a manutençāo de uma flora saudável.
Considerando a relaçāo de 155 sintomas à alteraçāo de barreira intestinal… O número de adeptos do MOVIMENTO GLUTENFREE não para de crescer. E aí surgiu um novo problema aqui no Brasil: a maioria dos pāes sem glúten levam farinha de SOJA na composiçāo, que também está cada vez mais presente em produtos SEM LEITE!!! Tema para outro post…

11022603_1564130630523021_1731336144788441509_n