Novidades

Os Benefícios de Um Sono Reparador – Fev/16

Como diz um provérbio irlandes, “ Uma boa risada e uma noite de sono provocam as melhores curas”.

Um estudo canadense publicado recentemente mostrou que a hora do sono é de extrema importancia na limpeza de toxinas acumuladas no cérebro durante o dia e, por isto, dormir pouco aumentaria o risco de doenças degenerativas como o Alzheimer ou problemas como o deficit de atençāo.
A MELATONINA, hormonio cada vez mais conhecido e debatido, além de induzir o sono, inibe a proliferação de células tumorais e interfere na circulação sanguínea destes tumores. Ela também é um dos mais importantes reguladores da pressão arterial e da saúde vascular, explicando em parte, o motivo da relação privação do sono com aumento dos índices de pressão arterial e de eventos cardiovasculares; a melatonina também auxilia na redução do acúmulo de gordura abdominal, uma vez que auxilia na eliminação do excesso de estrógeno acumulado nessa região.
Menos de sete horas de sono também provocam aumento de peso e perda da massa muscular, por insuficiencia cronica na produção de GH, o hormonio do crescimento, o qual, alem de nos manter “jovens” e magros, auxilia na reparação de todos os tecidos do corpo. Os hormonios relacionados à fome e à saciedade também se alteram conforme a qualidade do sono: a LEPTINA (saciedade) diminui em quem dorme pouco e a GRELINA (fome) aumenta.
Sono e estresse estão também intimamente ligados. O ciclo energético do corpo, coordenado pelo ciclo do CORTISOL, não fica bem equilibrado sem um bom repouso. Níveis elevados de cortisol prejudicam a renovação de neuronios, aumentam a resistencia à Insulina, degradam a saúde dos vasos e ossos e desequilibram todos os outros hormonios e neurotransmissores, dentre outros problemas.
E então, voce dormiu bem hoje?

12795420_1702413176694765_3131347887822096265_n