Novidades

Estabilizaçāo do DNA com o Zinco – Nov/16

Um estudo randomizado e duplo cego relatado na revista Nutricion Research descobriu um efeito protetor da suplementaçāo de Zinco contra danos do DNA. Esse tipo de dano genético é causado principalmente por radicais livres e pode levar a doenças caso esta fragmentação do DNA não seja reparada.

O estudo incluiu 40 mulheres etíopes com baixos níveis de ingestão de zinco, medidos em amostras de sangue colhidas no início do estudo. As mulheres receberam uma dose padrão de zinco, diariamente, durante 17 dias. O exame Cometa, que detecta quebras de DNA, foi realizado em células coletadas no início e no final do estudo. Enquanto os níveis de zinco no plasma não foram significativamente alterados no final do estudo, a medição dos danos do DNA apresentou diminuição media de 39.7% no grupo suplementado.
Sabe-se hoje, que muitas doenças como o Cancer, problemas cardíacos e até o envelhecimento dependem da estabilidade do DNA e do tamanho dos telomeros (terminações dos cromossomos, que os mantém estáveis durante a replicaçāo celular). Esse trabalho indica a importancia dos micro nutrientes na manutenção da saúde do DNA (açāo  nutrigenomica), reforçando a necessidade da ingestão adequada de Zinco.

15230833_1824448814491200_7438690217321908371_n